O auto da Compadecida ganha montagem do Grupo Jovem Arte & Passo





Nesta semana, o Grupo Jovem Arte e Passo estará em circulação com o espetáculo de dança “O Auto da Compadecida”, que teve sua estreia em Viçosa e neste mês passará por mais três cidades de Minas Gerais. A realização é por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com o patrocínio da Trigo Arte & Cia e conta com apoio das prefeituras e teatros.
Os bailarinos e a coordenadora do grupo integravam o Ballet Jovem da Fundação Clóvis Salgado e hoje são um grupo independente. A trilha sonora é original e as coreografias vão desde o ballet clássico de repertório à dança contemporânea, mostrando habilidade, com beleza e originalidade.
Apresentações:
- 14 de setembro às 20 horas (Teatro da Maçonaria, em Belo Horizonte)
- 15 de setembro às 20 horas
(Teatro Municipal de Nova Lima)
- 17 de setembro às 19 horas (Teatro de Vespasiano)

Todas as apresentações gratuitas com retirada 1 hora antes de cada apresentação.
O Grupo Jovem Arte Passo é um grupo de formação profissional que busca o aperfeiçoamento artístico de maneira ampla. O Grupo conta atualmente com  16 bailarinos e 4 estagiários, que passam diariamente por uma rigorosa formação, nas técnicas de Ballet Clássico, Dança Contemporânea, Jazz e Teatro.
A apresentação artística de seu espetáculo “Auto da Compadecida”, que mistura dança e teatro em uma releitura da obra homônima de Ariano Suassuna, é indicado para todos os públicos, de diferentes faixas etárias. Simplicidade e religiosidade em um espetáculo bem humorado e que busca impulsionar a cultura popular do país. A obra “Auto da Compadecida” é considerada um retrato do Brasil.
O enredo da peça é construído a partir de histórias alinhavadas e recriadas a partir de outras, retiradas do universo da poesia popular brasileira, também conhecidas como “literatura de cordel”. O autor une a tradição do teatro medieval ao contexto social e histórico do nordeste brasileiro, resgatando e valorizando a cultura popular e suas regionalidades.
O espetáculo foi construído a partir de um roteiro inspirado na peça utilizando diferentes linguagens artísticas, escrito pelo ator Leonardo Fernandes. Conta ainda com a participação do ator Fernando Veríssimo, e tem direção e coordenação de Liana Sáfadi e Eliatrice Gischewski, além do elenco de bailarinos do grupo jovem Arte & Passo.

Comentários

Postagens mais visitadas