Miradas à Cuba atual no FIT de Belo Horizonte



Por Alexei Padilla Herrera

As companhias “Argos Teatro” e “El Ciervo Encantado”- ambas de Cuba - chegaram a Belo Horizonte para fazer parte do Festival Internacional de Teatro (FIT), segundo consta no programa oficial do Festival. É uma oportunidade imperdível para se acercar da realidade da ilha caribenha pelo ponto de vista das artes cênicas.

Argos Teatro, fundada em 1996 e dirigida por Carlos Celdrán, estará apresentando a peça “Fíchame si puedes”, que narra a historia de Lizi (Yuliet Cruz), uma jovem prostituta que busca refúgio no interior do país, fugindo dos problemas que tinha na capital. Depois de virar amante de um homem local, Lizi fica envolvida em situações inesperadas por ela.

Essa peça virou sucesso em Cuba e recebeu em 2013 o Premio Nacional da Crítica e o Prêmio Caricato da União de Escritores e Artistas de Cuba, na categoria de Melhor Preparo. O mesmo reconhecimento na categoria de Melhor Desempenho Feminino foi entregue para Yuliet Cruz.

Sem dúvidas, uma das atrizes jovens mais talentosas da Ilha. “Fíchame si puedes” será apresentada os dias 23, 24 e 25 de maio na Fanurte MG, às 19h30min.

Por outro lado, o grupo “El Ciervo Encantado”, comandado por Nelda Castillo, oferecerá ao público brasileiro “Rapsodia para el mulo” - inspirada no poema homônimo de José Lezama Lima. Trata-se de um olhar crítico aos diferentes dilemas, contradições e utopias da vida cotidiana de Cuba, nos dias atuais.

A atriz Mariela Brito encarna a personagem do “mulo”, metáfora que representa as marcas múltiplas, feridas físicas e psicológicas que carrega sobre a sua existência.
 “Rapsodia para el mulo” estará em cena nos dias 24 e 25 de maio, às 17 horas, no Galpão Cine Horto.


Para ambas peças o preço é de 20 reais (completa) e 10 reais (meia). Mais informações sobre o FIT no www.fitbh.com.bt

Comentários

Postagens mais visitadas